Asma

Asma é uma doença inflamatória crônica, caracterizada por hiper-reatividade das vias aéreas inferiores e com limitação variável do fluxo aéreo, reversível, espontaneamente ou com tratamento. Por ser uma condições crônica, ela não possui cura, apenas controle, e este é o principal objetivo a ser alcançado em cada paciente.

asma

Em 2014 aproximadamente 150 milhões de pessoas no mundo tinham o diagnóstico de asma, por isso podemos afirmar que a asma é um grave problema de saúde pública. Pessoas de todas as idades e em todo o mundo são afetadas por esta doença crônica das vias aéreas que, quando não controlada, impõe grandes limitações na vida diária. A doença renal ocasionada pelo DM, hoje chamada de Doença Renal do Diabetes (DRD), está relacionada ao DM tipo 1 (DM1) e DM tipo 2 (DM2). Pacientes com diagnóstico de DM1, geralmente, apresentam acometimento renal após 5 anos do diagnóstico, enquanto paciente com DM2, que representam a grande maioria dos casos, devem iniciar investigação de DRD desde o seu diagnóstico.

O diagnóstico da doença é feito pela espirometria, mas sabemos que em alguns casos a este exame é normal, e isso não afasta completamente o diagnóstico de asma, devendo ser realizados outros exames complementares como a prova de bronco-provocação ou a medida seriada do pico de fluxo expiratório. A asma é uma doença muito variável, com diferentes formas de apresentação e de sintomas relatados pelos pacientes, e também possui diversos fatores desencadeantes, por isso não existe um tratamento único que seja igual para todos os pacientes. Dessa forma, o paciente asmático deve sempre procurar o pneumologista para uma avaliação clínica mais detalhada em que se possa usar medicamentos específicos visando o controle dos sintomas do paciente.


Referencias:

1) Asma brônquica. Pneumologia Paulista. 2013

2) Diretrizes da sociedade brasileira de pneumologia e tisiologia para o manejo da asma. 2012. Jornal Brasileiro de Pneumologia

Scroll Up