Como a pesquisa clínica pode contribuir para o Brasil e seu sistema de saúde?

O universo da Pesquisa Clínica envolve um amplo ecossistema que leva em consideração pesquisadores, participantes e patrocinadores. Um maior investimento na área pode representar diversas oportunidades para o país como um todo.

No Brasil, por exemplo, isso poderia causar uma melhora na infraestrutura do sistema de saúde e nos processos de tratamento, além de ajudar áreas como a dos recursos humanos e do capital intelectual. O processo, no entanto, é árduo e precisa de atenção e da resolução de muitas burocracias.

O CPclin separou nesta publicação algumas das vantagens que o setor da Pesquisa Clínica oferece para o Brasil:

Maior acesso e qualidade para o sistema de saúde

O grande impacto de um maior investimento é sentido no sistema de saúde brasileiro. Isso pode proporcionar aos pacientes acesso facilitado à tratamentos inovadores, que na maioria das vezes não estão disponíveis fora de clínicas especializadas para estudos.

Protagonismo para a produção científica

A pesquisa clínica é sinônimo de inovação. Nela, diversos lados se beneficiam. Ter profissionais que estão diretamente envolvidos desde as primeiras fases de produção de algum medicamento traz ao país uma expertise sem preço.

Estes profissionais passam a enxergar o Brasil com outros olhos e a investir seu capital intelectual aqui ao invés de levá-lo para o exterior.

Economia aquecida

Quanto maior o número de pesquisas feitas em território nacional, maior o número de investidores. A indústria farmacêutica é uma das interessadas e a aplicação direta no país pode representar um lucro de bilhões para a economia em um curto espaço de tempo.

Deixe um comentário

Scroll Up