Pesquisa de Enxaqueca

A enxaqueca se caracteriza como um distúrbio que afeta pessoas de diferentes idades e de ambos os sexos, sendo mais comum entre adolescentes e jovens adultos.

Em relação ao sexo, trata-se de uma doença que atinge mais o público feminino do que masculino, entretanto, como mencionamos anteriormente, é uma doença de ordem universal que atinge um público bastante amplo.

Também conhecida como migrânea, a enxaqueca consiste em um tipo de dor de cabeça incapacitante cuja origem pode se dar de forma genética.

Dentre os sintomas mais típicos da doença estão: dor latejante e pulsátil de intensidade moderada ou forte, náuseas, vômitos, hipersensibilidade à luz, aos sons e odores, além de irritabilidade, agitação, entre outros.

Por se tratar de uma doença que pode prejudicar consideravelmente a rotina diária dos pacientes diagnosticados com a mesma, a enxaqueca é um tema que deve ser amplamente estudado para promover mais qualidade de vida para essas pessoas.

Pensando nisso, o CPclin está conduzindo uma pesquisa clínica com recrutamento aberto para pacientes com o diagnóstico de enxaqueca.

Critérios de inclusão:

  • Homens ou mulheres com idade entre 18 e 65 anos
  • Diagnóstico de enxaqueca incapacitante por pelo menos 1 ano
  • Início da enxaqueca previamente aos 50 anos de idade
  • Histórico de 3 a 8 ataques de enxaqueca por mês nos últimos 3 meses

Inscreva-se!

Ao ser voluntário, você faz bem para si mesmo e para a saúde de todos desta e das próximas gerações. O futuro da medicina começa aqui!