Estudo de Diabetes tipo 2 com evento cardíaco

DIABETES TIPO 2 COM EVENTO CARDÍACO

O Diabetes Tipo 2 é a versão mais comum da doença, responsável por 90% dos diagnósticos. A variante está associada a uma predisposição genética e aos hábitos de vida (obesidade, sedentarismo e má alimentação). Ela se expressa pela capacidade limitada de produzir a insulina, hormônio fabricado pelo pâncreas e responsável pelo controle dos níveis de glicose no sangue.

O Diabetes é um dos principais fatores de risco para doenças cardiovasculares, que representam um sério problema a saúde pública do Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 300 mil indivíduos por ano sofrem Infarto Agudo do Miocárdio (IAM), ocorrendo óbito em 30% desses casos. Estima-se que até 2040 haverá aumento de até 250% desses eventos no país.

E apesar das doenças do coração manifestarem-se, em sua grande maioria, na vida adulta, é na infância que o processo de acúmulo de placas de gordura, cálcio e outras substâncias nas artérias tem seu início.

O CPclin possui um estudo clínico aberto sobre o tema. Confira os critérios de participação:

– Paciente diagnosticado com Diabetes Tipo 2;
– Tenha feito alguma cirurgia cardíaca ou tenha tido infarto ou derrame;

Inscreva-se!

Seja voluntário e tenha a chance de colaborar para o avanço da medicina com novas opções de tratamentos e medicamentos desta doença.

Scroll Up