Pesquisas

O Diabetes Tipo 2 aparece quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz ou não produz insulina suficiente e compõe cerca de 90% de todos os portadores da enfermidade. Em alguns casos, a enfermidade pode ser controlada com atividade física e planejamento alimentar, enquanto em outros pode exigir o uso de insulina e/ou outros medicamentos.

Além do Diabetes Tipo 2, o colesterol e o triglicérides altos são grandes preocupações das autoridades de saúde brasileiras. Isso porque, para os diabéticos, apresentar níveis altos e alterados de colesterol e triglicéride pode ser um indicativo de diabetes mal controlado e, além disso, aumenta os riscos de doenças cardíacas e outros problemas de saúde.

O diabetes é um dos principais fatores de risco para a ocorrência de doenças cardiovasculares, portanto é imprescindível que os portadores de Diabetes Tipo 2 estejam atentos à saúde e os hábitos alimentares e de atividades físicas para evitar que ocorrências dessa natureza se concretizem. Estamos com uma pesquisa aberta para pacientes com DM2 e histórico de eventos cardíacos.

A Esclerose Múltipla consiste em uma doença neurológica, crônica e autoimune, ou seja, as células de defesa do organismo atacam o próprio organismo, podendo gerar lesões cerebrais e medulares. Trata-se de uma doença que não possui cura e que pode manifestas diferentes sintomas. Através de pesquisas clínicas sobre a enfermidade, é possível proporcionar mais qualidade de vida.

A Síndrome de Sjögren é uma doença autoimune de causa desconhecida que se caracteriza principalmente pela manifestação de secura nos olhos e na boca associadas à presença de anticorpos dirigidos para células e tecidos do próprio corpo. Caso você queira conhecer sobre a nossa pesquisa sobre o tema, clique no botão abaixo e inscreva-se.

Scroll Up