Nutrição

Diabetes

Deixe de lado o açúcar. Mesmo o mascavo, demerara, cristal, açúcar de coco, açúcar de beterraba, melado/melaço, caldo de cana, rapadura, entre outros não devem ser consumidos por quem tem diabetes. Estes açúcares aumentam com muita rapidez os níveis de glicose no sangue. Invista em um bom adoçante. Se você ainda não consegue tomar bebidas sem adoçar, compre um adoçante para te ajudar nesta transição! Hoje em dia existem muitas marcas e tipos no mercado e com certeza você achará algum que não tenha aquele sabor estranho ou que você se adapte melhor! Se tiver dúvidas, procure um nutricionista para te ajudar nesta escolha.

Não consuma mais de uma porção de frutas em uma única refeição. Apesar de saudáveis, elas possuem açúcar (frutose) e se consumidas da forma errada, podem contribuir para o descontrole glicêmico. Inclua mais fibras à sua alimentação. Hortaliças e legumes contêm fibras em sua composição, assim como o bagaço e a casca das frutas. Além disso, tente trocar seu arroz branco ou o seu pãozinho matinal por uma versão integral, com certeza valerá à pena! As fibras tem o poder de tornar a absorção da glicose daquele alimento mais lenta e consequentemente você consegue evitar os tão temidos picos de hiperglicemia!

Passe longe das bebidas já adoçadas, principalmente os sucos em pó, o refrigerante e aquele cafezinho já preparado com açúcar. Estas bebidas são capazes de aumentar sua taxa de açúcar no sangue em 15 minutos! Não permaneça em jejum por muito tempo. Lembre-se que você pode estar tomando um medicamento para reduzir suas taxas de açúcar no sangue. Consequentemente, estas podem ficar baixas demais, causando um episódio de HIPOGLICEMIA (quando os valores de glicemia encontram-se abaixo de 70mg/dL).

Sempre que for consumir um produto “diet” ou “light”, verifique se o mesmo não contém açúcar ou sacarose na lista de ingredientes encontrada no lado de trás da embalagem. Lembre-se que você não esta proibido de comer nada, porém o equilibro precisa sempre ser buscado. Se você estiver consumindo algum alimento inadequado para sua saúde todos os dias, este te causará um impacto muito grande (como descontrole da diabetes, aumento de peso, aumento dos níveis de colesterol e gordura corporal, entre outros) daqui um tempo. Por este motivo, adeque sua alimentação diária e deixe os abusos para uma exceção, como uma festa, uma comemoração ou em algum dia do seu final de semana! Para saber mais, converse com um nutricionista! Este profissional conseguirá te ajudar a montar uma dieta específica e direcionada para você!

Hipertensão Arterial

Cuide da sua pressão:

  1. Prepare suas refeições com pouco sal
  2. Não utilizar saleiro a mesa e muito menos em preparações prontas!
  3. Evite consumir alimentos processados como embutidos (salsicha, linguiça) e frios (salame, mortadela, presunto, etc)
  4. Evite o consumo de alimentos conservados em salmoura (enlatados e vidros)
  5. Evite os condimentos industrializados (catchup, mostarda, molho de soja e temperos prontos)
  6. Evite o consumo de caldos de carne ou frango industrializados e utilize temperos naturais como alho, cebola e ervas aromáticas para disfarçar a menor quantidade de sal.
  7. Leia SEMPRE o rótulo de produtos antes de comprá-los para identificar a presença de sódio e de outros componentes ruins à saúde, como corantes, aromatizantes, acidulantes, entre outros.

Para saber mais, converse com um nutricionista! Este profissional conseguirá te ajudar a montar uma dieta específica e direcionada para você!

Insuficiência Renal

Atente-se ao funcionamento adequado dos seus rins!

  1. Não abuse do sal!
  2. Evite o consumo da fruta carambola se você já foi diagnosticado com insuficiência renal ou possui alguma alteração no funcionamento dos rins – esta fruta contém uma substância que pode causar malefícios ao seu organismo caso o seu sistema de excreção não esteja funcionando corretamente.
  3. Evite o excesso de proteínas – carnes/leite e derivados/ovos e leguminosas (grupo dos feijões). Não é que você não possa comer e sim evitar consumir estes alimentos em grandes quantidades
  4. Ingira água diariamente de acordo com a recomendação do médico ou nutricionista. A água é imprescindível para o funcionamento adequado dos rins
  5. Caso você também tenha diabetes, controle sua glicemia! O descontrole glicêmico pode levar à uma piora da sua função renal. Se tiver dúvidas de como controlar, existe um texto explicando um pouco sobre alimentação no diabetes.
  6. Leia SEMPRE o rótulo de produtos antes de comprá-los para identificar a presença de sódio, fósforo e principalmente potássio nos alimentos que você irá consumir.

Se você já tiver algum tipo de problema renal ou insuficiência renal já diagnosticada pelo médico, procure um nutricionista para te ajudar a ajustar a sua alimentação de acordo com o seu tratamento! Dependendo do seu tratamento e de como está a sua função renal poderá ser necessário realizar uma dieta específica para o seu caso!

Scroll Up